terça-feira, 6 de abril de 2010

O que realmente aconteceu naquele verão maluco (entre eu e ele).

O que realmente aconteceu naquele verão maluco (entre eu e ele).
As malas estavam prontas, mas eu não estava com a mínima vontade de viajar para aquele fim de mundo. Eu não tinha escolha.
 Era uma cidade pequena e fria, pouco mais de 3.000 habitantes. O que eu iria aproveitar numa cidade dessas? Logo eu que tinha planejado minhas férias de verão num lugar ensolarado.
  Cheguei ao hotel. Um lugar pequeno. Mas tinha que confessar, era lindo. Tomei um banho e desci para comer alguma coisa. O lugar havia me encantado, me animei um pouco.
 Depois do jantar, fui dar uma volta pela cidade. Com os fones no ouvido, Não prestei atenção na confusão que estava acontecendo, atrás de mim.
 Um garoto corria desesperado pelas ruas, ele estava fugindo, só podia ser isso. Eu não conseguia imaginar o que era. Mas eu estava com uma vontade incontrolável de ajudá-lo. Não sabia o porquê disso. Mesmo estando consciente do risco que eu corria, comecei a segui-lo.
  Paramos num lugar lindo, cheio de arvores e flores. Tudo estava calmo. Até ele perceber que eu o havia seguido.
 - Quem é você? O que você está fazendo aqui? Você quer me pegar, não, por favor, não faça como aquelas pessoas ruins... – Ele estava extremamente assustado.
- Não, calma. Eu não vou te fazer mal algum. Quero te ajudar! – Tentei acalmá-lo.
- Ajudar? Mas ninguém nunca quis me ajudar... Você está tentando me enganar, não é isso? Mas você não vai conseguir! Eu te garanto que não! – Então saiu correndo, desesperado. Eu sentia uma coisa estranha, uma vontade de ajudá-lo. Eu não sabia como, mas tinha certeza que ele não fazia mal a ninguém.
 Corri atrás dele, já estava ficando exausta, mas não podia desistir de ajudar aquele garoto, que, desde o momento em que o vi, já havia se tornado muito especial pra mim.

CONTINUA ...

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Esse texto é metade do que ia ser minha Fic pra promoção da Capricho. Mas o prazo acabou e eu não consegui enviar a tempo. 
------------------------------------------------------------------------------------------------------

É, depois que o sentimento não existe mas, você descobre. Porque tudo acontece comigo da forma mais trágica? 
Depois eu conto melhor essa longa e trágica história que vem acontecendo desde o inicio do ano. 

ps: COMENTEM! EU ADOOORO ISSO ♥

3 comentários:

Lys Fernanda disse...

Ah que pena que venceu o prazo querida, a introduçao da tua historia esta otima imagina o restante. ;D
Meus beijoos ♥

RAYMARA MILHOMEM DE OLIVEIRA disse...

mt boa mesmo *-*
te indiquei no meu blog linda.

mt meigo por aqui, visitarei sempre :*

Sabrina disse...

ansiosa para saber a continuação da historia
que a sua net volte logo
beeijinhos*-*