domingo, 20 de junho de 2010

pesadelo sem fim.

tudo está mudando, eu não queria que fosse assim, que pelo menos mudasse mas que não magoasse tanto as pessoas como magoou. A culpa é minha, a culpa é dessa minha cabeça idiota, nunca desejei tanto poder voltar no tempo, nunca me arrependi tanto de uma coisa. Isso é pior que dor fisica, parece que algo me destroi por dentro e eu não posso fazer nada para mudar. Eu tento, tento consertar as coisas mas parece que eu sou a unica que deseja mudar, eu sou a unica que ainda tem a esperança de tudo ficar bem.
 Parece tudo um grande pesadelo que não quer acabar, eu ainda tenho a esperança de que seja isso.
Eu tento não pensar no que está acontecendo e no que ainda estar por vir, eu tento de todas as formas ocupar minha mente com coisas que não me machuquem tanto, mas é dificil, eu nunca controlei e nunca vou conseguir controlar os meus pensamentos.
 Parece que aqui só eu me importo em preservar as amizades, parece que só eu que me esforço pra isso. Não sei quanto tempo vou aguentar em insistir, não sei até onde a minha força de vontade e esperança vão durar.
 Pra mim, a amizade é o que mais importa agora e eu não sei se vou aguentar viver sem elas, que tanto me faziam bem. É como se eu estivesse presa, é como se alguem controlasse a minha mente e não me deixasse consertar as coisas. Eu não posso fazer nada, não sozinha, se todos colaborassem, se realmente quisessem melhorar as coisas, se pelo menos acreditasse no que eu digo. Mas não, eu me vejo totalmente presa, sem poder fazer nada, só me resta esperar, o que tiver que ser será, se nossa amizade tiver que continuar ela vai continuar, de qualquer forma tudo vai ficar bem.

Nenhum comentário: