segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Caro amor platônico,

Não me persiga mais,  fique longe. Longe o suficiente para que eu não note a sua presença, para que eu não me abale com a sua incrível capacidade de iludir as pessoas.
 É incrível que mesmo que nós saibamos de todos os teus truques, de todas as tuas artimanhas para nos iludir, ainda nos abalamos, ainda insistimos em nos enganar e nos magoar mais e mais.
 Peço-te que compreenda a minha angustia, que atenda aos meus pedidos e que fique longe de mim.

De uma garota com medo do amor.

Nenhum comentário: