sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

419486_2351117676961_1820705029_1488247_306956813_n_large

Eu nem sei explicar o sentimento que cresceu em mim. Na verdade, eu só descobri que eu realmente sentia algo quando eu percebi pela primeira vez que poderia te perder. E agora a vida insiste para eu segui-la e deixar certas coisas pra tras. Mas porque uma delas é você? Eu queria te levar comigo pra sempre, e viver com você o resto dos meus dias. Eu sei que eu não demonstro grandes sentimentos e que na maioria das vezes eu o deixo subtendido. Mas eu sinto, e sinto muito, de forma tao intensa que eu não consigo mais imaginar a minha vida sem você, a minha rotina sem você.
E se realmente acabar? E se eu tiver que colocar um ponto final nessa historia e for obrigada a virar a pagina pra viver essa vida sem você? Infelizmente as circunstancias não favorecem o nosso relacionamento. As coisas começaram estranhamente diferentes e continuam assim, depois de turbulentos e tímidos sete meses. E eu também permaneço aqui, desejando mais do que nunca que as coisas aconteçam de forma diferente e com uma esperança indestrutível de que tudo logo, logo vai mudar.

2 comentários:

Patriny Marcelle disse...

Ai que post lindo. Quando amamos alguém é realmente difícil imaginar nossa vida sem essa pessoa. Mas se é amor de verdade e se for o melhor pra você Deus vai lhe ajudar, basta acreditar.
Beijos floor.

Lys Fernanda disse...

Muito lindo. Amar é sempre tornar-se dependente de alguem, e a dependencia soa tão boa que não nos importamos de entregar a ela toda a nossa vida. ;)